Agendamento de Consulta Oftalmológica

27/04/2018 - Crianças devem visitar o oftalmologista a partir dos seis meses de idade

A saúde ocular das crianças merece atenção desde os primeiros dias de vida do bebê. Dados da Sociedade Brasileira de Oftalmologia Pediátrica apontam que cerca de 60% das causas de cegueira ou de grave sequela visual infantil podem ser prevenidas ou tratadas quando detectadas precocemente. Realizar uma avaliação oftalmológica periódica, evitar a exposição prolongada dos pequenos aos eletrônicos e uma alimentação equilibrada são essenciais para uma visão saudável.

O sistema visual de uma criança tende a se estabelecer completamente entre 8 e 10 anos de idade, mas os problemas podem surgir com o bebê ainda recém-nascido. A conjuntivite química causada pelo colírio de nitrato de prata instilado logo após o nascimento é uma das doenças oculares. Outra disfunção comum é a obstrução do ducto nasolacrimal, que causa secreção nos primeiros meses do bebê e, geralmente, se desobstrui sozinho, segundo oftalmologistas.

É preciso que as famílias observem qualquer sinal de dificuldade demostrada pelos pequenos em cada etapa do crescimento. As visitas periódicas ao oftalmologista devem fazer parte do calendário médico da criança, ao lado de outras especialidades. Caso não existam alterações notadas pelos pais ou pediatra, a primeira visita ao especialista pode ocorrer entre os seis meses e 1 ano de vida. O acompanhamento, por sua vez, deve ser anual.
Cerca de 80% das informações que processamos vêm da visão, ainda assim, muitas pessoas só procuram um oftalmologista quando têm dificuldades para enxergar ou apresentam algum sintoma incomum. Porém, quanto antes começarem os cuidados com a saúde ocular, mais efetiva é a prevenção e o diagnóstico, caso exista alguma alteração.

Fonte: SEGS


voltar

NEWSLETTER

IOA OFTALMOLOGIA - ITAIM - SP RUA JOAQUIM FLORIANO, 101 . 10º ANDAR . ITAIM BIBI
CEP 04534-010 . SÃO PAULO . SP . (11) 3071-2000

COMO CHEGAR

IOA Oftalmologia no facebook IOA Oftalmologia no Google +

© 2014 . IOA - INSTITUTO DE OFTALMOLOGIA APLICADA